Bernal Projetos Logo

07 erros mais comuns na hora de reformar

planejamento-de-reforma-1

Quando você decide fazer uma reforma, é porque novas possibilidades estão se abrindo na sua vida. O desafio aqui é desapegar-se do antigo, abrir espaço para se aventurar e se revelar para o novo.

Mas, encarar uma reforma não é fácil. É preciso muito planejamento e alguns cuidados.

Vamos falar em 07 erros mais comuns cometidos pelos marinheiros de primeira viagem no desafio de reformar um imóvel.

1- Não verificar as restrições da construção, da prefeitura ou do condomínio para a obra de reforma:

37

O projeto de reforma deve ser bem avaliado. Você deve saber, antecipadamente, o que pode e o que não pode ser feito, respeitando estruturas existentes.

Imagine que você sonhou com uma cozinha em conceito aberto e descobre durante a obra que aquela parede que você pensou em demolir é estrutural e tem que ser mantida?

Chato, não é? Se isso aconteceu é porque você não se deu conta da importância de contratar um projeto com profissional habilitado ou porque não teve o cuidado de solicitar do condomínio ou da construtora o projeto estrutural do imóvel. Não existindo mais esse projeto, você não buscou uma consulta prévia de um engenheiro... É preciso pensar em todas as possibilidades antes de surgirem os problemas.

Se sua reforma for em condomínio, deve-se ficar atento às normas e verificar o que foi acordado entre os condôminos. A maioria dos edifícios tem normativas para fechamentos de varandas, por exemplo. Além disso, deve-se respeitar dias e horários determinados para a obra de reforma, manter áreas comuns e elevadores limpos, respeitar o prazo de condicionamento do entulho na garagem, etc.

Se sua reforma for em uma casa e sua intenção é ampliar será necessário um Projeto Legal de reforma com ampliação, pois configura acréscimo de área e o projeto precisa ser aprovado pela prefeitura antes de iniciar a obra.

2- Não contratou um profissional habilitado:

Accent-Renovations-Kelowna-Renovation-Goals-3

Muita gente já sabe que investir no projeto é o primeiro passo para uma reforma bem-sucedida.

Ainda no papel, você tem oportunidade de visualizar como ficará sua reforma depois de concluída e fazer mudanças e ajustes necessários. Afinal é muito mais fácil mudar no papel do que na obra.

Também com o projeto definido você consegue levantar orçamentos de materiais e mão de obra com antecedência, organizando sua planilha financeira e programando o tempo da obra.

Depois de desabamentos acontecidos no Rio de Janeiro, em 2012, ocasionados por obras irregulares, se criou uma norma que regulariza as obras de reforma, publicada originalmente em 2014 e atualizada em 2015.

De acordo com a Norma de Reformas da ABNT (NBR 16.280:2015) toda obra de reforma que altere o imóvel deve ter seu projeto aprovado pelo condomínio com apresentação da RRT (Registro de Responsabilidade Técnica) pelo arquiteto responsável pelo projeto. A norma afasta definitivamente o faz-tudo, o curioso ou o amador – e privilegia a boa técnica, segurança e tranquilidade para o morador.

Segundo o CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo), os seguintes serviços devem ser acompanhados por profissional habilitado: Construção ou demolição de paredes e divisórias, Substituição de revestimentos (pisos, paredes, tetos), Abertura ou fechamento de vãos, Alteração nas instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias,
Instalação de mobiliário fixo.

Fonte: http://www.caubr.gov.br/normadereformas/

O nosso custo de projeto para reforma é avaliado caso a caso. Levantamos os itens que serão executados: substituição de pisos, forro para o teto, alterações elétricas... etc.

O valor do projeto vai depender da complexidade da reforma. Não é justo cobrar um valor fixo por metragem quadrada, se você só quer fazer um rebaixamento de forro de gesso, por exemplo. Moldamos então, um orçamento personalizado, de acordo com suas necessidades.

Cozinha---03
(Bernal Projetos - Estudo para cozinha apartamento na Graça)

Quando você nos procura para um projeto de reforma, agendamos uma visita técnica no seu local, ouviremos a sua história, as suas necessidades de mudança e a partir daí vamos juntos construindo essa transformação.

Estudos preliminares de layout e perspectivas em 3D vão se ajustando aos seus sonhos, sempre atendendo às normativas do condomínio e respeitando a estrutura da construção.

63-1
(Bernal Projetos - Projeto residência Villas do Jacuípe)

Somente depois de aprovado os estudos, com tudo ajustado do jeitinho que você sonhou, partimos para o Projeto Executivo com desenhos técnicos para cada seguimento e profissional específico (pedreiro, gesseiro, eletricista, marceneiro, marmoraria...). Cada item é detalhado separadamente para fácil entendimento de cada profissional envolvido na reforma.

Um projeto bem detalhado evita dúvidas e a obra flui de forma mais rápida, ecônomica e tranquila.

3- Não se organizar para as mudanças

PORQUE-SEU-SUBCONSCIENTE-ATRAI-AS-COISAS-ERRADAS-foto-02

No período da reforma vai haver mudanças na sua rotina e você deve estar preparado para isso, inclusive psicologicamente.

O lugar em que moramos é nosso santuário, onde somos nós mesmos e vê-lo no início da transformação é muito doloroso. Principalmente, se você já morava no imóvel antes de começar a reformá-lo. Presenciar a fase de demolição mexe muito com o emocional.

Alinhado a isso tem outras questões, como o fator financeiro. Uma vez iniciada a obra, ela precisa ser concluída e você deve ter se organizado financeiramente com antecedência.

Lembrando que reforma pode ter surpresas no meio do caminho, gerando despesas extras não computadas, como uma tubulação que precisa ser substituída e você só soube disso depois que quebrou as paredes, por exemplo...

4- Não contratar mão de obra avaliada

veja-dez-erros-comuns-nos-projetos-de-construcao-e-reforma-e-como-evita-los-9-falta-de-conhecimento-para-inspecionar-obras-1389116161520_750x500

Para muitos clientes a melhor fase da reforma é escolher e comprar os materiais, principalmente os materiais de acabamento (revestimentos, louças, metais...).

Muitos esquecem que a qualidade da mão de obra é tão importante quanto o material especificado no projeto.

Não adianta comprar um revestimento top de linha e deixar na mão de um profissional não qualificado para assenta-lo. É jogar dinheiro fora!

Procure ter referências do profissional em outros serviços e veja pessoalmente o que ele já fez (afinal o que é bom para o amigo que indicou aquele profissional, pode não ser bom para você). Veja se atende ao seu grau de exigência.

Lembre-se de redigir um contrato para cada profissional, descrevendo todos os serviços, item por item, do que foi acordado. Quanto mais detalhado, melhor. Assim não haverá dúvidas para nenhuma das partes envolvidas. Importante, também, exigir recibos em cada pagamento efetuado, descrevendo a etapa correspondente.

Quando elaboramos um projeto de reforma, oferecemos a você o serviço de acompanhamento de obra com nossa equipe, formada por longa parceria, com capacidade e comprometimento comprovados.

5- Não organizar o cronograma de compras

reduzir-os-custos

O cronograma de compras é muito importante para obra. Com ele você define as prioridades de materiais para cada etapa, não deixando a obra parar ou o profissional ficar ocioso por falta de material. Afinal, tempo é dinheiro!

É importante avaliar que é necessário providenciar materiais de uso imediato, mas também encomendar com antecedência materiais que dependem de fabricação sob medida, como peças de mármores ou granitos, esquadrias, vidros, marcenaria...

Além daquele revestimento maravilhoso que você amou, mas não tem pronta entrega e você precisa encomendar da fábrica.

Memorial-1
(Bernal Projetos - Memorial descritivo reforma banheiro apartamento Graça)

Quando desenvolvemos um projeto de reforma, fornecemos a você o Memorial Descritivo com todos os materiais de acabamentos, informando: Marcas, tipos, cores, metragens e quantidades para cada ambiente.

Assim fica fácil orçar em vários lugares e pesquisar melhor preço com os fornecedores.

6- Obra desorganizada
limpeza-e-obra-01-730x548

Obra desorganizada é sinônimo de prejuízo. A probabilidade de desperdício de material é enorme, pois muitas vezes, você terá de comprar um material que existe na obra, mas ninguém acha no meio da bagunça.

Organização é imprescindível. Os materiais precisam ser conferidos por profissional responsável e armazenados de forma correta, evitando sobrepeso na laje, o que pode comprometer a estrutura da construção.

Alguns materiais precisam ficar alojados em locais secos, outros mais delicados, protegidos e bem condicionados, evitando serem quebrados ou danificados.

Manter tudo limpo e organizado é uma das nossas preocupações quando acompanhamos uma obra, estamos sempre atentos para a melhor forma de condicionar os materiais,
não deixando acumular entulhos, promovendo retiradas periódicas.

como-proteger-o-piso-durante-a-obra-1002x564

Outra questão importante é proteger peças existentes como pisos, bancadas, móveis... Uma lona de boa resistência e uma fita crepe larga fazem milagres.

Pode parecer bobagem, mas uma obra protegida evita manchas e arranhões, às vezes irreversíveis.

7- Não contratar acampanhamento de obra
50b57f_d62fcd7c0d8e4b52a2da1a4997f9d110-mv2_d_2800_1900_s_2

Alguns clientes acham que dão conta de administrar sua obra e podem economizar não contratando o arquiteto para acompanhar.

Acompanhamento de obra requer dedicação e entendimento do assunto. Precisa de visitas diárias para esclarecer dúvidas, que com certeza vão surgir, verificar se os serviços estão feitos corretamente (afinal você não quer ver seu material desperdiçado), comprar materiais (que às vezes precisam ser providenciados com urgência), receber e conferir materiais entregues na obra...

Tudo isso, enquanto você trabalha, leva seu filho na escola, vai ao mercado. Logo você vai perceber que essa "economia" não paga seu auto nível de estresse causado por frustrações e aborrecimentos, além dos desperdícios de materiais e atrasos da obra, ocasionados por problemas e indecisões.

O nosso acompanhamento na execução de obra corresponde a levantamentos de orçamentos de materiais e mão-de-obra, indicação dos profissionais e empresas, acompanhamento diário em todas as etapas da obra, assessoria na escolha e compra dos materiais, acompanhamento e conferência na entrega, pagamento da mão de obra, fornecimento de relatórios semanais com prestações de conta.

O valor do nosso acompanhamento varia de 15 a 20% sobre o custo dos materiais e mão de obra envolvidos na obra de reforma. Esse percentual depende do porte da obra. Quanto maior a obra, menor o percentual.
Itens como mobiliário e decoração não entram no cálculo do acompanhamento.

-DSC01307-13
Espero que tenhamos ajudado um pouco.
Para esclarecer outras dúvidas ou se quiser solicitar uma visita entre em contato. Teremos prazer em atende-lo.

Bernal Projetos | Maristela e Gilson Bernal
(71) 3372-8221 / (71) 99977-4307 / (71) 99609-1392
contato@bernalprojetos.com.br
www.bernalprojetos.com.br

Conheça também nossa página nas redes sociais:

Face
Insta

Mais de Bernal Projetos

Diferença entre decorar e reformar

As diferenças entre projeto de reforma e de decoração e o que você precisa saber antes de contratar....

Veja o artigo

Como montar um closet lindo e funcional

Na reforma do novo apê de 4 quartos no Jardim Armação, um dos quartos virou um closet só para ela. Espaço para tudo, com direito a penteadeira com tudo à...

Veja o artigo